Flamenkinho traz flamenco e jazz com temperos brasileiros

O violonista e compositor “argentino- espanhol” de flamenco, Sebastián Pitré, se reuniu com o pianista e sanfoneiro Helinho Medeiros, o percussionista e baterista Riquinho Fernandes  e o baixista Rainiere Travassos afim de formar o grupo Flamenkinho, que funde flamenco, jazz e música popular brasileira.

Capa do CD Flamenkinho

Os músicos brasileiros são todos Paraibanos. Helinho Medeiros, é o diretor musical de Flamenkinho, e responsável por instrumentar as linguagens musicais e culturais da banda. Juntos, encontraram as possibilidades  de transpor os  ritmos, formatar um trabalho criativo  e unir o  virtuosismo do flamenco,  a vertigem do jazz com os temperos musicais brasileiros.

A versão de Flamenkinho para Spain de Chick Corea, combinou a Buleria com o  Samba e resultou em Sambulerias, como nomeou Sebastián Pitré.

No disco, surgem as Colombianas concordadas  com  baião, samba e forró, e a homenagem ao violonista Paco de Lucia através da releitura de “Entre dos Aguas”.

O disco foi gravado ao vivo no Estúdio Peixe Boi em Paraíba e masterizado no estúdio Orion de Argentina. Flamenkinho propõe acercar e disseminar  as três culturas fusionadas através da música, em seus países e pelo mundo.

Em  breve, turnê da banda no Brasil.

 

There is one comment

Publicar comentário