Reeducação postural e dança flamenca

Posição no baile flamenco | Foto: Ivan Peplov CC 2.0

Posição no baile flamenco | Foto: Ivan Peplov (Creative Commons 2.0)

O flamenco é uma arte popular que envolve um modo específico de dançar, cantar e tocar e está enraizada na região de Andaluzia, no sul da Espanha. Sua origem é fortemente influenciada pela cultura cigana, além de influência de àrabes e Judeus. Tornou-se ícone da cultura, música e dança espanholas e suas categorias subdividem-se em palos, que são ritmos diversos como: Soleá, bulerias, sevillanas, tangos, alegrias, etc. A dança Flamenca é marcada pela forte expressão de sentimentos através dos movimentos corporais que é característica de suas origens. Esses movimentos combinados ao cante e ao ritmo vão trazer benefícios ao corpo e a mente do indivíduo que dança. Nesse artigo será enfatizado o impacto posititivo da dança flamenca sobre a coluna vertebral e postura.

Em nosso corpo, temos, além de outros tipos musculares, os músculos dinâmicos e os estáticos. Resumidamente, a musculatura estática é mais profunda imperceptível aos olhos e ao toque leve, chamada de musculatura tônica ou antigravitacional, grande responsável pela manutenção da postura no nosso dia-a-dia, nos mais variados posicionamentos. Encontra-se grande parte desse tipo muscular em toda a coluna vertebral, sustentando-a e contendo-a no seu eixo. O desequilíbrio desses grupos musculares pode gerar desvios posturais, dores na coluna e até condições mais graves como hérnia de disco. Por ser uma musculatura de difícil acesso, é também difícil de ser alongada, fortalecida e reorganizada (isso é feito, comumente, através da RPG – Reeducação Postural Global).

A dança flamenca é marcada, em sua maior parte, pela manutenção de uma postura típica de extensão do tronco, retrusão e depressão dos ombros, adução e depressão das escápulas, alongamento do pescoço e encaixe da coluna lombar com uma leve flexão do joelho (o que vai limitar os movimentos de rotação excessiva da coluna lombar). Tudo isso vai gerar um trabalho intenso da musculatura estática do nosso corpo, ajudando a corrigir problemas posturais, tensionando e fortalecendo toda a musculatura tônica presente na coluna vertebral, sem falar na dinâmica, gerando posturas que vão se assemelhar aos princípios de uma reeducação postural. Isso tudo pode ser perfeitamente sentido durante uma única aula de 1 hora, e os benefícios para a coluna vertebral e os grupos musculares diretamente envolvidos com ela (como a cintura escapular e cintura pélvica) só tendem a crescer com a dança. Entre outros benefícios, temos: ajuda na correção de vícios posturais e desenvolvimento da consciência corporal através do aumento da flexibilidade, da elasticidade e fortalecimento musculares. A dança Flamenca vai trabalhar o corpo globalmente, essa forma, se assemelha aos objetivosda RPG.

O ritmo da dança pode ser marcado com palmas e com os pés, além dos instrumentos. A bailarina vai desenvolver um sapateado rítmico sobre um sapato de salto específico, realizando movimentos suaves com os ombros, braços, punhos e mãos, além de giros e deslocamentos. Todos esses movimentos são fortemente sustentados por uma postura ereta, forte e disciplinada da coluna vertebral, que estará mantendo em tensão constante os grupos musculares responsáveis pela sustentação corporal.

Por isso é imprescindível um preparo muscular global antes de se iniciar uma aula ou uma apresentação de dança flamenca. Esse preparo inclui o alongamento dos grupos musculares dinâmicos (quadríceps, panturrilhas, bíceps e tríceps,flexores e extensores do punho e dos dedos etc) e também da musculatura estática, que é mais difícil, mas também é possível. Exercícios de solturas articulares também são muito importantes. Esse preparo deve ser gerenciado pela professora de Flamenco. Aprender a sentir cada movimento do nosso corpo, desde o mais suave até o balístico, faz parte de uma retomada de consciência corporal que comumente é esquecida no cotidiano e cada vez mais esquecida com o passar dos anos.

O trabalho com a postura e com a dança pode ser realizado em qualquer fase da vida e só trará benefícios para o corpo e para a mente, aliviando e, principalmente, prevenindo dores causadas por posturas viciosas e sedentarismo, além de gerar um impacto importante na qualidade de vida. É necessário enfatizar que as aulas de Flamenco não podem ser substituídas pelo tratamento com a RPG, já que a dança não é um tratamento; mas podem sim contribuir para a manutenção de uma boa postura, através dos princípios citados no artigo.

Cuide sempre da coluna!

Sobre Aline Barreto

Aline Barreto vive em Salvador e é fisioterapeuta e RPGista, pos graduanda em Auditoria em sistemas de saúde. Atua na área hospitalar e em empresas que oferecem serviços de qualidade de vida e saúde do trabalhador, como ginástica laboral e ergonomia.

There are 0 comments

Publicar comentário